Share

Scanear raízes

Para melhores resultados, WinRhizo é usado com um scanner aprovado, que permite que as raízes sejam iluminadas de cima e de baixo durant o processo de scanning. Esta é um característica importante (chamada “Dual Scan” no documento do Regent), que reduz sombras na imagem da raíz. O ‘Regent Positioning System’ permite que as bandejas sejam consistentemente posicionadas, havendo assim a necessidade de pre-visualização em cada scan.

Scanner the raízes pronta para acção: Note que o topo tem uma fonte de luz secundária que permite o “Dual Scan” mode. Aqui a bandeja é colocada usando o Regent Positioning System, uma series de espaços (em vermelho na foto) que permite o posicionamento consistente da bandeja.

 Screen image of Roots

Selecção de imagem da amostra da raíz acima depois do scanear no 200 dpi

A optima resolução para scanear depende do tipo de amostras. As raízes de Phaseolus vulgaris podem ser scaneadas no 200-400 dpi em bandejas de 20x30 cm , enquanto que raízes de Arabidopsis podem scaneadas no 600 dpi em bandejas de 10x5 cm. Resoluções baixas podem acelerar o processo de scaneamento significativamente, especialmente se a amostra requerer o uso de bandejas largas. Nós recomendamos scanear de uma amostra em diferentes resoluções para determinar se baixas resoluções conduzem a perda de precisão das medições. A análise do comprimento da raíz é feita com imagens gravadas no ‘grayscale’; imagens gravadas em ‘grayscale’ reduzem substancialmente o tamanho do arquivo da imagem.