Share

Método Alternativo para Processar Amostras de Solo

Um protocolo muito bom para lavar e retirar raízes das amostras foi descrito no artigo do ... (1979). Nós desenvolvemos uma outra maneira. Você poderá avaliar qual a mais eficiente em termos de tempo, energia e conservação das amostras.

Passo 1: Remova o solo do amostrador e mergulhe em água

Para facilitar a remoção do solo do amostrador nós usamos um bastão de madeira de 1x1in (1x1 polegada) marcado a cada 10 ou 15 cm (depende da profundidade da amostragem) para empurrar a amostra. Se o solo não preencher a luva inteira nós usamos um marcador permanente para marcar o extremo inferior do solo. A marca se torna o zero e então nós empurramos com o bastão de madeira até que a marca alinhe com a próxima linha (seja 10 ou 15 cm ou qualquer que você decida). Nós empurramos a sessão de solo dentro de um recipiente de boca larga e capacidade de 0,5 Kg (2 pint) e então preenchemos ele com água e sabão e deixamos imerso por 5-10 minutos. Para solos muito arenosos a imersão não é necessária. Nós descobrimos, também, que para solos arenosos empurrar não funciona porque compacta a amostra. É muito melhor, então, fazer a marca e balançar cuidadosamente o solo sobre pratos ou em sacos.

Shaking Core out of SleevePushing Core out of Sleeve

Passo 2: Lave o solo e retire as raízes

Nós usamos um tipo de mesa ou tubo para realizar o trabalho. Colocamos um pedaço de malha grossa no topo, e ainda, colocamos acima de tudo uma tela de malha de 1mm. Então nós pulverizamos a amostra com água de uma maneira que a amostra esparrama sobre toda a malha e, metodicamente, escolhemos e tiramos as raízes com pinças. Esse processo leva mais ou menos 2 minutos para amostras de 10 ou 15 cm. Então nós viramos a malha de 1 mm e pulverizamos para baixo para descartar e adicionamos a próxima amostra no topo.

Washing CoreWashing Roots 

Passo 3: Armazenamento das amostras de raízes

Novamente, técnicas de armazenamento dependem do que você vai fazer com as amostras. A melhor prática para armazenamento de longo tempo provavelmente seria em etanol a 100%. Para curtos períodos, nós usamos etanol a 25% e colocamos na geladeira a 4oC. Para as menores amostras, nós usamos frascos de centrifugação de 5mL e para as amostras maiores nós usamos tubos com tampa de 20mL.

Passo 4: Análises

Veja em outras sessões para aprender como usar o WinRhizo e as técnicas de detecção de DNA.