Share

Deficiência de Potássio

Plantas deficientes em potássio são facilmente identificadas pela tendência em murchar e secar em dias ensolarados. A aparência geral da planta é murcha ou prostrada. Plantas deficientes apresentam aparência atarracada/travada com internódios curtos. O crescimento das folhas jovens é inibido, e elas apresentam limbo foliar pequeno. As folhas também podem apresentar coloração verde-escura a verde-azulada, com um brilho bronzeado, ou com aparência ondulada. Em algumas espécies as folhas velhas apresentam manchas cloróticas. Em folhas de plantas de milho é muito comum ocorrência de cloroses na forma de “V” invertido.

Sintomas

  • Manchas cloróticas em folhas velhas
  • Estresse hídrico

Processos importantes

  • Estresse de potássio é raro na natureza, mas pode ocorrer em solos agrícolas nos quais a extração contínua de potássio e sua exportação nos produtos levou ao empobrecimento. Exemplo típico ocorre em áreas com cultivo de bananeiras e outras frutíferas em países em desenvolvimento.
  • As plantas não respondem ao estresse de potássio alterando a relação parte aérea/raiz do modo que fazem para deficiências de N e P. Por causa da abundância de potássio na natureza a seleção para resposta à sua deficiência pode estar faltando

NOTA sobre a foto:

Esta planta de feijão recebeu 0 K, portanto, os níveis de estresse são mais intensos do que o normal visto no campo.